quarta-feira, 9 de maio de 2012

Barcelona - Parte I :)

Olá outra vez :)


Decidi dividir os posts, para não se tornar demasiado extenso.


A viagem correu muitooo bem. Apanhámos o avião às 6h40 e às 9h30 estávamos em Barcelona. Este voo é o ideal, porque permite aproveitar bem logo o primeiro dia. 
Quando chegámos, estava um tempinho ranhoso, nevoeiro e frio, mas à medida que a manhã foi avançando o tempo ficou melhor.

Tentar encontrar o hostel foi um filme (de terror), e depois de 45 minutos à procura do dito, lá o encontrámos. Quando tudo o que tínhamos de fazer era descer a La Rambla até meio e virar à esquerda. Eu bem dizia que pegava no mapa e resolvia o assunto, mas a mania dos smartphones com todas as aplicações e mais algmas dão nisto. Enfim :) Chegámos ao hostel e foi o m-e-d-o. O patamar tinha um aspecto duvidoso. Para mim, que já fiquei em vários hostels, foi normal. Para o P. e para o outro casal que estava connosco, foi o pânico. Entrámos no hostel propriamente dito e a coisa melhorou. Não parecia tão mau, mas mesmo assim... O problema foi que não vimos logo os quartos (o check-in era só a partir das 15h), mas lá deixámos as malas com as expectativas muito em baixo. 

Fomos para a Plaça Catalunya porque era lá que íamos apanhar o Bus Turistico. Optámos por comprar os bilhetes para dois dias, pela net, e pagámos 27€ cada um. Eu gosto sempre de fazer esse tipo de visita pela cidade, porque me dá uma perspectiva geral do local e várias informações. E como já sei que o P. gosta muito pouco de andar, que íamos ter pouco tempo e que eu provavelmente não iria ter tempo de visitar metade do que queria, lá comprámos o bilhete. Na verdade, acho que foi mesmo o melhor que podíamos ter feito. Eu não tinha noção do quão cansada estava antes da viagem, e realmente isso reflectiu-se. Eu explico: quando fiz Erasmus, viajei por toda a Itália (e não só) e eu e a A. fazíamos km por dia de mochila às costas como se nada fosse. Esta viagem senti-me realmente cansada, e o facto de dormir mal mesmo nessas noites, não ajudou. Por isso, acho que nas próximas viagens vou continuar com a táctica do autocarro turístico :)

O Bus Turistic tem 3 rotas: a vermelha, a azul e a verde. A primeira é mais geral, a segunda é dedicada a Gaudí e a terceira contempla a parte mais recente da cidade.

Começámos pela vermelha, mas demorámos imenso tempo a apanhar o autocarro, estava mesmo muita gente. Quando finalmente entrámos, vimos a Casa Batlò, La Pedrera, etc. Seguimos viagem até à Plaça de España, onde acabámos por almoçar. Visitámos o Montjüic (é giro, giro!), cidade olímpica, o Porto, seguimos viagem com várias paragens e depois iniciámos a rota azul. Parámos na Sagrada Família (claro!) e terminámos a tarde no Parc Güel. Terminámos as voltinhas todas e voltámos à Plaça da Catalunya, onde seguimos para o hostel. Íamos, finalmente, ver o quarto. Sabem que mais? Era óptimo! Era um quarto de hostel, claro está, mas super limpinho (para mim é o mais importante, já tive cada experiência...). Como devem imaginar, estávamos mortos. Tomámos banho (eu tomei com água gelada, só de pensar dá-me frio!) e lá fomos. Já eram 22h quando fomos procurar um sítio para jantar. Toda a gente nos tinha dito que as Ramblas não eram um sítio bom para se jantar, porque os preços eram bastante elevados e a comida e serviço péssimos. Ainda procurámos outro sítio, andámos imenso e quando já eram 23h30 acabámos num restaurante nas Ramblas com o típico menu. Digo-vos, eu bem que tentei fazer a opção mais saudável (que sei que fiz), mas vocês vão ver o que comi (no próximo post). Detestei aquilo, foi mesmo a fome a falar mais alto que nos obrigou a parar ali. (ah, e a minha colega, que não queria gastar dinheiro, mas que também não queria comer num restaurante tipo fast food). Acabámos a comer mal e a pagar bem. Na noite seguinte ela voltou lá com o namorado, imaginem :)

Quando caímos à cama eu nem acreditei. Já passava da 1h da manhã e eu pensava que ia dormir directo até de manhã. Ahah. Pois, é porque dormi. Dormi tão, mas tão mal... Havia algum barulho, mas nem foi até muito tarde, por isso não se justifica como dormi... O P., que é enorme e tem sempre imensa dificuldade em dormir em camas que não sejam a dele, dormiu que foi uma maravilha. Se soubessem a inveja que senti nesse momento... No dia seguinte, pus o relógio a despertar para as 8h30, mas eram 7h30 (hora de Espanha, logo 6h30 em Portugal), estava em super acordada. Imaginam o meu cansaço...

No segundo dia, optámos por visitar a cidade só os dois. O facto de ir com a minha colega e o namorado foi uma coincidência engraçada, não foi planeado, por isso não quisemos passar os dias juntos, porque era uma viagem a dois e não a quatro :) 

Fomos tomar o pequeno-almoço a Mercado La Boqueria e pus o P. a comer fruta logo de manhã! Aliás, não fui eu que pus, mas as bancas incríveis do mercado. Bebemos os nossos suminhos de fruta natural e voltámos à Plaça Catalunya para apanhar o Bus Turistic. Preferimos começar pela linha azul, porque eu queria ver ao pormenor a Sagrada Família e assim, e lá fizemos isso. Quando terminámos a linha azul, fomos para a verde, que nos levou até à zona mais sossegada da cidade: o centro de negócios e a praia. Estivemos lá um bocadinho a descansar e voltámos à linha vermelha, para terminar na Plaça da Catalunya. Fomos ao hostel descansar um bocadinho e às 20h30 saímos para jantar.

E para já, o post fica por aqui, senão fica demasiado extenso :) 

Venho já com o resto do relato e o filme de terror que foi a nossa segunda noite e início de terceiro dia :\

Aqui ficam algumas fotos:
 Plaça Catalunya - a fila para o Bus (e já estávamos aqui há imenso tempo!)
 O dito (por acaso o nosso não era igual a este)
 Casa Batlò 
 Montjuïc
 Um dos 656789 Starbucks da cidade
 La Pedrera - a última obra civil do Gaudí. Uau.

 Sagrada Família
 Parc Güel
 Parc Güel
 Parc Güel
 Parc Güel
 El Corte Inglès - um dos 4567890 da cidade
 Sagrada Família - eu a tentar explicar qualquer coisa ao P.
 Porto
 Porto
 A lagosta sorridente
 Praiaaaaa
 Praiaaa
 Avinguda Diagonal
 O paraíso na terra - La Boqueria
 Entrada do hostel - medo.
 A entrada do hostel - medo outra vez
 Vista do quarto - virar à direita e estávamos nas Ramblas

 Mercado Santa Catarina - estava fechado quando lá fomos :\
 Café Lisboa na Via Laetina


 Porto
 La Rambla
 Plaça Real
 Rota do Modernismo (atentem bem no tamanho do pé do rapaz. O meu  pé não é pequeno, calço o 40)


As estátuas :)

5 comentários:

  1. Já estou a cortar os pulsos com saudades!
    Que terror de hostel :x Mostra o resto! :)*

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    Ainda bem que a viagem correu bem :)
    Eu não conheço Barcelona, mas adorava visitar (essa cidade e todas as outras do mundo inteiro eheh).
    Adorei os teus sapatos! :P
    Ainda não encontrei uns do género que gostasse para comprar, ando à procura eheh

    beijinhoo

    ResponderEliminar
  3. Gostei de Barcelona!
    E que chato isso dos teus amigos... Espero que nunca mais lhes aconteça e que eles consigam saldar as dívidas :( Chato mesmo!
    Beijocas!

    ResponderEliminar
  4. Adorei o teu relato de viagem. Adoro Barcelona e o teu post fez-me recordar imensos bons momentos que passei por lá :) bjts

    ResponderEliminar
  5. Estas tuas fotos fizaream-me relembrar e reviver a viagem que fiz a barcelona, é realmente uma cidade a visitar =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar